INEFÁVEL

No dicionário inefável significa: (1) que não se pode nomear ou descrever em razão de sua natureza, força, beleza; indizível, indescritível. (2). p.ext. que causa imenso prazer; inebriante, delicioso, encantador. No contexto em que geralmente é utilizado, o teológico, a inefabilidade é considerada um dos atributos de Deus. É o limite que nossos pensamentos podem chegar em relação à natureza divina. Não podemos predicar mais nada em relação a Deus, a não ser que ele é inefável. Entretanto, essa não predicação não quer dizer que não possamos imaginar coisas em relação a Ele. Baseado nisso, o uso dessa palavra na intervenção artística me pareceu extremamente potente. Interessou-me usar a mesma estrutura argumentativa aplicada na construção do conceito de Deus e de suas possibilidades nos discursos, em coisas banais e cotidianas. Uma espécie de profanação positiva a jogar com extremos do discurso que, ao inverter os polos desses limites discursivos, abriria a possibilidade de leituras poéticas e ficcionais.Pensei a etiqueta como uma estratégia de evidenciar ou até mesmo relembrar que as coisas que nos cercam estão carregadas, repletas de mistérios, de desconhecidos de todas as ordens. Um dos primeiros alvos foi uma caixa, um velho arquivo fichário que carrego comigo desde a infância. Nele, cuja origem desconheço – mais uma das várias coisas que me cercam de origem desconhecida – possivelmente já foram inseridas diversas ordens de fichas com nomes, telefones, endereços, toda sorte de construções semânticas para tentar identificar pessoas ou coisas. Fichas e informações que não resistiram ao tempo e que hoje não existem mais. O que restou em seu conteúdo – que desconheço – é apenas a presença dessa inefabilidade. A tampa dessa caixa, assim como suas partes frontal e traseira móvel – articulação que já deve ter permitido um melhor acesso à informação, hoje apenas servem para aumentar o aparente vazio que ali habita. Como um fóssil, o esqueleto cúbico de metal hoje apenas se abre para infinitas possibilidades, para os infinitos tecidos de informação que um dia, já foram seus órgãos.

Concepção e realização artística / Conception and artistic director / Création et direction artistique Diego Kern Lopes

Inefável

Diego Kern Lopes

Objeto

Fichário de metal etiquetado com a palavra "inefável" 12 x 16 x 13,5 cm

Vitória2014