HISTÓRIA DA HISTÓRIA DE QUALQUER UM VERSUS A HISTÓRIA DE TODOS

História da História de Qualquer um versus...reúne em si um conjunto de impressões e caracteres que sintetizam forças históricas presentes em algumas sociedades contemporâneas. Forças que, ao serem naturalizadas, produzem uma opacidade nas relações e estruturas nas quais estamos submetidos e das quais, também, somos responsáveis. Opacidade que faz com que o mundo seja feito para qualquer um, mas não para todos. De forma específica, este trabalho não propõe respostas, pretende-se apenas como um gatilho, como um objeto, como um momento que gere algum tipo de reflexão e deliberação - sendo agora ativada - no/pelo leitor/manuseador que lê essas palavras. Nas páginas e impressões deste trabalho o leitor/manuseador encontra formas de deliberar e agir, de decidir, de perceber a opacidade que atravessa os discursos da arte, da história, da economia, da política, da cultura, da ciência... Na materialidade deste trabalho o leitor/manuseador delibera, abandonando, assim, sua condição de «homo lottericus». Se quiser pode apagar e arrancar o escrito, pode usar o escrito e escrever A História de Todos.

Concepção e realização artística / Conception and artistic director / Création et direction artistique Diego Kern Lopes

História da História de Qualquer um versus a História de Todos

Diego Kern Lopes

Livro de artista/intervenção

Boletos lotéricos encardenados e (re)expostos em casas lotéricas

10 x 15 cm - cada livro

Vitória

2014